Você realmente conhece o seu negócio?

Você realmente conhece o seu negócio?

Esse título pode ter te provocado um pouco e você está até pensando “claro que eu conheço”. Então confira esse material e veja se você realmente conhece o seu negócio, e se não souber, nós vamos te ajudar nisso. 

Ter um negócio não é sinônimo de conhecer o negócio! Como assim? Se eu estou tocando um negócio, e ele está “dando certo”,eu sei sim. Isso pode ser um grande mito.

Existem empresas que podem perder dinheiro quando aumentam a venda de um produto. Pode parecer loucura, mas é realidade, e por quê?

Se o empresário não sabe sua lucratividade e o desempenho dos seus produtos, ele pode perder dinheiro até mesmo quando está com as vendas de vento em polpa. 

Agora, você deve estar se perguntando: 

Como saber se eu conheço o meu negócio?

Cada negócio tem suas particularidades, é por isso que não existe uma metodologia “universal” para conhecer qualquer negócio. Mas existem inúmeras perguntas que podem começar a guiar seu processo de conhecimento.

Basicamente você precisa pensar analisar:

  • Produto
  • Preço
  • Cliente
  • Processos internos

E vamos falar mais sobre cada um desses pontos.

Produto

Parece óbvio, mas conhecer o seu produto é essencial. E existem diversas perguntas que você precisa fazer, como por exemplo: 

  •  Eles fazem sentido para quem? Quais mercados?
  • Como ele se sai frente aos concorrentes?
  • Você sabe a lucratividade que ele tem?

Se você, em alguma dessas perguntas ficou em dúvida, ou até não soube responder você deve acionar um alerta!

Preço

Aqui não é diferente, perguntas como: Sua empresa tem uma política de preços? Como você define seus preços? Se você só quer “ser mais barato que o concorrente”, você pode acabar com seu negócio sem nem perceber. 

Clientes

Esse, assim como os demais, é essencial para o seu negócio. Pois se tudo estiver certo na sua empresa,mas você não sabe quem vai comprar o seu produto ou ideia, não adianta de nada. 

E além disso, você precisa entender qual o impacto do cliente no seu negócio. “Como assim?”. Você sabe quanto custa atender cada um de seus clientes? Quanto custa a “aquisição” de um novo cliente, e para mantê-lo?

Pois lembre-se, relação com cliente sem rentabilidade, infelizmente é só perda de dinheiro.

E agora por último, mas não menos importante:

Processos internos

Já começa com a análise, sua empresa tem processos definidos? Desde o início até o fim? Se você responder que não, esse é o ponto de partida. Se você tem, sabe quais são suas limitações?

Sabe quais etapas estão custando mais tempo e dinheiro? Se a produção precisar aumentar em 10%, você sabe o que precisa mudar? Ou até mesmo se diminuir. 

Sei que esse conteúdo foi cheio de perguntas, mas é isso mesmo. Conhecer o seu negócio se resume a sempre questionar e analisar todos os processos. Eles podem não ser perfeitos, mas você precisa saber onde chegar, e ir tomando cada passo em direção a isso.

COMPARTILHE
Share on facebook
Share on email
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on google
Share on linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *