Segredos da Black Friday 2020

Segredos da Black Friday 2020

As grandes empresas brasileiras já instituíram a black friday em seus calendários e nesse ano de mudanças não seria diferente. Confira quais são as categorias mais procuradas pelas consumidores, você pode ter uma boa surpresa.

Mas, o que é Black Friday?

Você pode já ter escutado esse nome, mas não sabe exatamente o que é essa data, então vamos explicar tudo que você precisa saber. A ideia de Black Friday surgiu nos Estados Unidos da América. Na última quinta-feira de Novembro é comemorado o Thanksgiving Day, ou dia de ação de graças. e no dia seguinte temos a Black Friday. 

Está sexta-feira com descontos incríveis foi criada para que as lojas pudessem esvaziar seus estoques,e repô-los com produtos para o fim de ano e consecutivamente o ano que está iniciando. 

Já no Brasil, a Black Friday ganhou alterações

A ideia de Black Friday em terras brasileiras chega em 2010 e em um primeiro momento está totalmente voltada para o online. O publicitário Pedro Eugênio teve a ideia de reproduzir a data em nosso país. A ação gerou grandes resultados e desde então já a maioria das lojas aderindo a data. 

Porém, todos sabem que o brasileiro tem um jeitinho único, e acredito que todos já pudemos presenciar expressões como “Black Week”; “Black November”; “Esquenta Black”. E isso tudo porque aqui a Black Friday não se destina somente a última semana do mês, e sim ao que as lojas acharem mais atrativo para seus clientes. E o que você pode estar se perguntando agora é:

Mas, realmente vale a pena participar da Black Friday?

Segundo o levantamento da Ebit | Nielsen, em 2019 o faturamento das lojas participantes chegou a R$3,2 bilhões em vendas. E esse é um número que vem tendo uma crescente todos os anos. Isso mostra que o consumidor brasileiro comprou realmente a ideia da Black Friday. 

E a Black Friday em 2020

Por se tratar de um ano em que todo o planeta está sendo afetado pela COVID-19, a projeção para a ação é de crescimento.

Veja as mudanças que aconteceram nas redes sociais e use isso a seu favor nessa Black Friday

Isso pois a Black Friday no Brasil tem sua maior força nos meios eletrônicos e esse ano a aderência nesse meio ficou muito maior. Os consumidores que ainda não tinham uma familiaridade com as compras online se viram, durante vários meses, obrigados a interagir com essa funcionalidade.

Segundo um levantamento da Provokers, a pedido da Google, seis a cada dez consumidores responderam que esperarão a Black Friday para garantir seus produtos. 

Quais são os produtos mais desejados?

A categoria com mais intenção de compra é a de celulares, que esteve na topo por 38% dos entrevistados. Logo em seguida vem os eletrodomésticos, que já tem uma boa fama de estarem com preços mais acessíveis. Esses tiveram na escolha de 30% dos entrevistados.

Outra coisa que não pode faltar na Black Friday são os produtos de informática (28%), bem queridinhos por aqui. E como a pandemia mudou os hábitos, alguns ítens que eram bem procurados nos anos passados, já não tem tanta força agora, como: passagens aéreas, hotéis, serviços financeiros, entre outros. 

Algumas estratégias adotadas 

A grande marca de lojas “Casas Bahia” uniu forças em uma parceria com o Burger King e Domino’s Pizzaria ontem os clientes ganham descontos de ambas as empresas na compra de produtos, todas ações de pré black friday.

Na Magazine Luiza às promoções começaram no dia 1º e irão até o dia 27/11. Com descontos que podem chegar até a 80%. As promoções que antecedem a Black Friday não estarão em promoção na sexta-feira.

COMPARTILHE
Share on facebook
Share on email
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on google
Share on linkedin

Deixe uma resposta

Chegou a hora de transformar sua empresa.

Quer receber conteúdos fresquinhos sobre marketing digital e empreendedorismo? Assine nossa newsletter e recebatudo por e-mail!